MAPA DE VISITAS MUNDIAIS

free counters

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

14/09/2008



Eis a a mais recente aquisição do grupo. Tendo em conta os meios que envolvem toda a logística nem poderia ser com outro equipamento.




Ora, mais um passeio domingueiro bastante divertido. Este com a presença de um menbro que já estava parado à algum tempo.
Rumando desta vez para os lados de Bicas e Tramagal o pessoal só já pensava no almoço que estava combinado. Foi pedalar com alma para ninguém chegar atrasado.
Por hoje é tudo, até à próxiam votos de uma boa semana e boas pedaladas.


F. M.

5 comentários:

Anônimo disse...

Boa volta mas a segunda volta foi bem melhor, agora com a logistica que este grupo tem quem é qus os pára, so se for o tobajara!
Pedro Diogo

Edu@rdo disse...

Venho aqui hoje tecer um comentário acerca desta voltita de 42 km. Se na volta de há 15 dias as coisas não correram da melhor forma, tendo chegado completamente de rastos, nesta, e porque foi mais pequena, cheguei em boas condições. O que mudou da outra volta para esta: muita coisa, a começar logo pela distância, pois a malta queria era ir almoçar a feijoada e chegou mais cedo. Se tivéssemos feito mais 10 km não acabaria a volta em tão bom estado. Ainda assim, ontem doíam-me os músculos quando havia necessidade de me abaixar; mudei de bicicleta, que se mostrou bem melhor que a outra, mais leve nas subidas e mais rápida nas rectas; levei um cantil com um litro de Isostar, mais a mochila, tendo esta ficado com 2/3 da água; tentei manter-me colado aos da frente, para assim poder descansar de vez em quando à espera dos que ficavam para trás; fiz dois treinos de bicicleta nestas duas semanas (40 minutos com três subidas e 1h e pouco com 2 subidas de dificuldade média) e dois jogos de futebol de 1h30. Embora os músculos que fazer correr não seja os mesmos que fazem pedalar, sempre faz queimar muitas calorias e tornar-nos mais leves.
Em relação ao percurso, acho até que teve um nível de dificuldade maior que o feito há duas semanas, com mais subidas, mais calhau, mais areia, mais calor. A primeira subida da Bacoreira até à estrada São Miguel – Bicas deixou logo muitas pernas a fraquejar e muitos bofes de fora. Para se ter uma ideia, no cimo da subida, Abrantes fica mais ou menos ao mesmo nível e Arreciadas vê-se olhando um pouco para baixo. Daqui até às Bicas fez-se sem grande dificuldade, a partir do Vale de Açor começamos a apanhar calhau duro, e por mais que pedalássemos parecia que a bicicleta não desenvolvia. A descida até ao Telhado continuou cheia de pedras e teve que ser feita com muita atenção, mas sempre a “abrir” e foi o mais belo troço de toda a volta. A seguir foi o que foi, até e depois do Meirinho areia com fartura, mais uma espectacular estrada junto à ribeira, nada dura e com as bicicletas sempre em rotação máxima, mas tendo que ter sempre atenção à vegetação densa para não apanharmos com uma cana pela cabeça. Depois foi subir pelo milho, com muita areia, até ao Mouro, uma subida de terra solta junto ao campo da bola e por fim o alcatrão até ao Tobas, onde já estavam três elementos que foram evacuados de helicóptero. Nestas últimas subidas não foram raras as vezes que tive que me desmontar e subir a pé. Ainda assim consegui chegar colado ao penúltimo (o último fui eu) e com menos de 300 metros de distância dos primeiros.
O que falhou: a escolha de pneus (mistos, que são pouco eficazes nas subidas inclinadas e de terra solta que tivemos que enfrentar); não tive a possibilidade de mudar a roda pedaleira, tendo apenas utilizado a pequena e a grande, pois a do meio está gasta e a corrente passa-se; utilizar uma bicicleta sem suspensão, nas terras de muito calhau é tramado para os braços e torna a bicicleta mais lenta.
Agora, tenho 2 semanas para fazer mais uns treinos e efectuar uns melhoramentos à Bike.

Tony Soares o Cister Monge disse...

Como também os vossos passeios apresentam lindas paisagens mas o que fica mesmo registado é a vossa aquisição.Sem dúvidad que se trata de algo que não está ao alcance de muitos grupos.
um abraço e boas pedaladas

ZONA 55 BIKE TEAM disse...

Olá Pessoal, estão a aumentar de patamar a olhos vistos, espero encontrá-los em breve numa prova... quando é que metem uma caixa de diálogo no v/ blog?
Acha alguém que me envie os nºs. telemóvel/email's do Quim e do Chico para: 962447546 e/ou walleryo@gmail.com
Nota: Só já temos 30 rifas da BH por vender.
Ass: Valério

Anônimo disse...

Sem dúvida que a nova aquisição foi a melhor alguma vez feita.. Até tenho medo que alguém se lembre de comprar um jacto para as deslocações do grupo a passeios! Ou alguma máquina de imperial... ;)

Boas pedaladas, Gonçalo Coelho