MAPA DE VISITAS MUNDIAIS

free counters

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Passeio a Fátima




























Este era um passeio que já era desejado à algum tempo.
Sendo assim, e aproveitando os feriados que tão bem souberam, alguns elementos do btt cabeço das águias lá meteram pernas e máquinas a caminho, destino : Santuário de Fátima, ida e volta, num percurso que rondaria os 140 kms.
Saída de Arreciadas com o tempo fresquinho, a marcha lá começou. Seguindo por Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, Rio de Moinhos, eis que acontece o primeiro entrave, um dos elementos começa a dar sinais de mau estar da tripa número um, e se não é uma vasta seara de milho não sei mesmo o que poderia ter acontecido. Bem, carga aliviada la seguimos caminho: Constância, Barquinha e pouco depois já Entroncamento à vista. Rumando depois em direcção a Torres Novas, eis mais uma comédia, o gps do grupo falha e somos direcionados para uma outra estrada que não a que se pretendia para irmos até ao Pafarrão e de seguida iniciar uma bela e deliciosa subida pela Serra d' Aire . E lá vamos nós todos pela serra acima com o Luis e Quim sempre ao despique eu Filipe mais alguns metros atrás. Num outro grupo um pouco mais afastado vinha Pedro, Xico e Carlos, e aqui o incrível acontece, no meio do nada aparece um tractor com um reboque e 2 destes elementos não se fazem rogados e resolvendo dar uma ajudinha ao dito veículo.
Posto isto e com a fase mais difícil ultrapassada, já cheirava a Fátima, pois mais alguns kms chegavamos.
Relaxamos um pouco no Santuário, comemos qualquer coisa mais a sério e lá nos mentalizamos para fazer o caminho inverso, aqui com menos um elemento pois já não me lembro bem se era a máquina ou eram as pernas que estavam a dar alguns problemas.
Debaixo de um abrazador calor, por volta das 12:00 começa a viagem, que diga-se em boa verdade passou bem mais depressa do que a ida, porque como diz o velho ditado ciclista "quem muito sobe muito desce" e assim foi, descer aquela serra teve um sabor especial pois foi feita a velocidades altíssimas.
O restante percurso ocorreu sem grandes factos de registo e por volta das 14:30 estávamos a entrar no café Tobajara como de costume nas restantes voltas.
Bem, esta ja está, e já há uns quantos malucos a sonharem com a próxima aventura asfaltista: Serra da Estrela.

Até lá votos de boas pedaladas e haja saúde.

F. M.
Fotos : F. M. e C. C.

5 comentários:

Amigos do Pedal disse...

Boas

Sim senhor, bela iniciativa...uma "peregrinação" a Fatima. Bom relato, boas fotos...parabens pelos 140km feitos! O BttAmigosDoPedal a muito que planei também ir a Fátima mas nós ficamo nos so pela ida...

P.S - Não deixem de fazer relatos das voltas domingueiras

Cumprimentos
Ricardo Almeida

Anônimo disse...

Uma volta que nunca na vida pensava que a conseguia fazer nos dois sentidos, mas foi porreiro, atenção que não íamos a boleia mas sim a empurrar o tractor naqueles 100/150 metros porque já não tinha força pois carregava um Bezerro cá atrás.
Boas sorte para Cuba e para o Pego.

Pedro

Anônimo disse...

Foi sem dúvida um passeio muito agradável.
Podem começar a pensar no próximo, e comtem comigo desde que haja wc´s pelo caminho...

L.I.

Anônimo disse...

Foi sem dúvida um passeio muito agradável.
Podem começar a pensar no próximo, e comtem comigo desde que haja wc´s pelo caminho...

L.I.

Anônimo disse...

Esta equipe esta a investir bem, o que fazem vocês?
Mozer, Bianchi e até Specialized,parece-me Tarmac.

Bruno Rego, Moita